segunda-feira, 10 de Março de 2008

Massa de pimentão

Bastante vulgar por aqui, sei que para alguns leitores deste blog este ingrediente / tempero não é tão banal assim. Por isso, e para que todos tenham igual oportunidade de provar a cozinha tradicional portuguesa, seguem-se as duas formas de preparar a massa de pimentão, sendo que a crua é a mais tradicional.

Versão de impressão e arquivo desta receita: aqui



Usa-se:

Pimentos vermelhos
Sal
Azeite

Faz-se assim:

Crua:

Lavam-se os pimentos, enxugam-se em panos e cortam-se em tiras retirando as sementes.
Dentro de uma peneira, cesto ou escorredor de plástico, colocam-se camadas de pimento e bastante sal, os pimentos vão deitar liquido que não se aproveita.
Após duas semanas, picam-se no processador de alimentos.
Guarda-se em frascos esterilizados de boca larga, colocando por cima uma fina película de azeite.

Cozida:

Cozem-se os pimentos em água simples, escorrem-se, passam-se pelo passe-vite e misturam-se com peso igual de sal e um pouco de azeite para evitar o bolor.
Guarda-se no frigorifico em boião tapado.

Notas:

Escolha pimentos maduros mas de apresentação impecável.
Os melhores são os mais doces.
È preferível usar vários boiões mais pequenos ao invés de um grande, para prevenir a oxidação, cada vez que é usado repõe-se a camada de azeite se necessário.


27 comentários:

  1. não entendo nada de comida( só como) achei seu blog por acaso., mas me impressionei, é bem feito, é limpo, é muito legal. Parabens

    * e dá fome........

    ResponderEliminar
  2. Olá Marizé,

    Achei engraçada a versão cozida, que desconhecia por completo.

    Tenho, no entanto, um reparo a fazer: Para si e para mim, que estamos "no local" e sabemos do que se trata, Pimento Vermelho é algo que não levanta dúvidas.
    Mas para quem vive na cidade, haverá por certo confusão entre o Pimento Vermelho que se usa para a Massa, que é o Pimento Verde depois de maduro, e o outro Pimento Vermelho, mais carnudo e doce, que é um híbrido como o amarelo ou o laranja e que nunca atinge o sabor intenso do primo "Pimento Verde Amadurecido na Planta".

    LPontes

    ResponderEliminar
  3. Essa receita é muito útil! Já tinha visto aqui e em outros blogs portugueses vários pratos que levavam massa de pimentão e ficava na maior tristeza por nunca ter encontrado esse ingrediente no comércio daqui...

    ResponderEliminar
  4. Hummmm..... essa massa de pimentão no pão ciabatta com um fio de azeite honesto!!!!

    Afff.... preciso de nada mais!!!

    Bjundas

    ResponderEliminar
  5. Muito interessante e deve ser gostosa.

    ResponderEliminar
  6. Marizé o teu pimento é como eu também custumo fazer é muito bom já vem do tempo dos meus pais, faço em crú adorei um beijo. Natércia:))

    ResponderEliminar
  7. Super interessante, não fazia idéia do que/como fazer 'massa de pimentos'...obrigada!
    Já está anotada!
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  8. Sou utilizadora de pimento vermelho em muita comida. Mas massa de pimentão nunca fiz,pois a minha mãe faz sempre imensa e dá-me uns frascos. Ela faz com o pimento cozido e conserva-se por imenso tempo.
    boa semana

    ResponderEliminar
  9. Eu nunca fiz e nem comi mas imagino ser muito bom!
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. uia q maravilha! sempre aprendendo por aqui!!! agora me conta onde usar!!!

    ai essas ameixas do outro poste estao uma maravilha!

    o dia q for a portugal volateri ocm excesso de peso...e nao sera só an bagagem! bjs

    ResponderEliminar
  11. Eu adoro pimentão!! Gostei muito desta idéia dessa massa para acompanhar torradas!

    ResponderEliminar
  12. Nunca me tinha lembrado de fazer massa de pimentão em casa :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Estou mantendo um em conserva (comecei dia 30 de janeiro). Estará pronto dia 30 de março! Não vejo a hora de usar!
    bjo,
    Nina.

    ResponderEliminar
  14. TAmbém achei muito interessante, e imagino que bastante saboroso!

    ResponderEliminar
  15. Marize, fiquei espantada sobre a quantidade de sal. Parece que fica salgadíssimo. E estas duas semanas que ele passa na peneira, eu posso deixa-lo dentro da geladeira,pode ser tampado,como é? Grande beijo

    ResponderEliminar
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  17. Adoro usar massa de pimentão!
    A mãe da minha amiga Paula é quem faz esta massa para mim.
    Beijokas.

    ResponderEliminar
  18. interessantíssimo, marizé e não sabia que era um prato tradicional da cozinha portuguesa. Mas fiquei com a seguinte dúvida: na versão crua, você deixa o pimentão escorrendo por dias no sal? E ele não estraga não? mesmo nesse calor do Brasil, será q dá certinho? Fiquei morrendo de vontade de fazer... Ah! e em que geralmente vcs usam essa massa de pimentão?

    ResponderEliminar
  19. A massa ou pasta de pimentão também está bem presente na culinária turca.
    Beijos :)

    ResponderEliminar
  20. Gostei da maneira com fazes a massa de pimentão, deve ficar muito boa assim. A minha maneira de fazê-la é um pouco diferente, qualquer dia experimento a tua receita.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. A minha mãe é uma querida e faz todos os anos esta massa de pimentão, versão cozida, vou falar-lhe da versão em cru para ver se ela conhece. (Sempre a aprender!!) :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Costumo "cravar" massa de pimentão a uma tia nossa de Évora. É tão boa que até os restaurantes de lá a compram. Mas essa parece não lhe ficar nada atrás. :-)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  23. Adorei , vou experimentar pois não sabia como preparar em casa esta massa, apesar de eu usar em muitas receitas
    e esta tem muito bom aspecto
    bjs

    ResponderEliminar
  24. Gostaria de experimentar, deve ser muito boa mesmo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  25. vivendo e aprendendo!!!não conhecia essa massa de pimentões..maravilha!!!e..agora está na epoca de pimentões lindos vermelhos e baratos por aqui..anotadissima..

    ResponderEliminar
  26. Marizé, há um blog por aí a plagiar receitas.

    Reconhei esta tua foto e receita neste blog:

    http://arquivodereceitas.blogspot.com/

    Vai lá ver... se calhar ha´mais...

    ResponderEliminar

Regras:
- Os comentários de spam e publicidade serão imediatamente apagados.
- Os comentários anónimos são permitidos mas moderados.
- Os comentários não reflectem a opinião dos administradores do blog.
- As questões colocadas serão exclarecidas via e-mail se o mesmo for disponibilizado pelo comentador.
- A sua opinião é importante para nós.